Desde 1995
contato@metalurgicadourados.com.br
67 3426.4120

O setor sucroalcooleiro é a área da agroindústria responsável pela produção do açúcar, do álcool e de outros derivados da cana-de-açúcar, como por exemplo o etanol.

O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de açúcar e de biocombustíveis. A fabricação destes produtos requer conhecimentos específicos sobre plantio, colheita e tratamento da cana-de-açúcar, sobre os processos de transformação da matéria-prima, manejo e tratamento de resíduos.

A produção brasileira de álcool expandiu-se muito a partir do Proálcool e da mistura obrigatória do etanol anidro na gasolina. Assim, alcançamos o patamar de maior produtor de açúcar, detendo aproximadamente 20% do total mundial, ocupando ainda o segundo lugar na produção de etanol com 27% de participação. Do total das exportações brasileiras, 5,2% são provenientes deste pungente setor. Estes fatos, somados a evolução da pesquisa agrícola, proporcionou uma competitividade brasileira em açúcar e álcool muito elevada. A produção brasileira de cana-de-açúcar está concentrada na Região Centro-Sul,  Nordeste do Brasil e o Estado de São Paulo é o principal polo de produção.

Frente a este cenário, para manter a competitividade de uma usina, é imprescindível que os investimentos sejam bem alocados e otimizados, já que o produto final é uma commoditie e a sustentabilidade do negócio passa por escolhas que reflitam os melhores custos-benefícios.

Assim, a nossa empresa vem anos acompanhado e contribuído na evolução da produção agroindustrial com desenvolvimentos de soluções integradas, produtos e prestação de serviços especializados de reparos de manutenções corretivas e preventivas em maquinas e equipamentos agrícolas e industriais. Garantindo a qualidade nos produtos e serviços prestados, bem como a redução de gastos com manutenção e redução do tempo de equipamento parado.

Atuações: Colheita mecanizada, Tratos Culturais, Transporte, Preparo de Solo, Plantio Mecanizado, Processos industriais extração, transporte

Benefícios:  Desenvolvimento de soluções integradas, maior durabilidade a custos menores

Produtos 

Área Agricola

- Elevador modular 24” – J.D.

- Mesa de giro reforçada – J.D.

- Chapas estruturais de desgaste de elevador – J.D. e Case

- Prolongador de roda – Trator e Transbordo de arraste (sobre medida)

- Para choque frontal – Trator e Caminhão (sobre medida)

Area industrial

- Rolos transportador de esteira movido e tração

- Rolos dosador de bagaço

- Taliscas

 

A atividade do setor agrícola é uma das mais importantes da economia brasileira, pois, embora componha pouco mais de 5% do PIB brasileiro na atualidade, é responsável por quase R$100 bilhões em volume de exportações em conjunto com a pecuária, segundo dados da Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SRI/Mapa). A produção agrícola no Brasil, portanto, é uma das principais responsáveis pelos valores da balança comercial do país.

Podemos dizer que a principal marca da agricultura no Brasil atual é a formação dos complexos agrícolas, onde destacam-se a produção de soja, a carne para exportação e também a cana-de-açúcar, em razão do aumento da necessidade nacional e internacional por etanol. A região Centro-Oeste é a área em que mais se expande o cultivo pela produção mecanizada.

Agricola

A adoção de tecnologias na pecuária brasileira proporcionou a modernização do setor com incremento da produção e da produtividade, em bases sustentáveis. Nos últimos 40 anos, a produção de carne de aves aumentou 22 vezes; a de carne suína, 4 vezes; a de leite, 4 vezes; e a produção de carne bovina, 4 vezes. Pesquisas em genética, avanços no controle de pragas e doenças e melhoria das pastagens aumentaram de 11% para 22% a média de desfrute dos rebanhos bovinos de corte.

Pecuária

Com o suíno light, a pesquisa contribuiu para o desenvolvimento de animais com menor percentual de gordura que hoje representam o padrão do rebanho nacional. A produção anual de leite duplicou nos últimos 20 anos e o aumento não ocorreu só com a expansão do rebanho, mas também com a produtividade das vacas, a partir da incorporação de tecnologias.

O Brasil é o segundo maior produtor mundial de celulose e sua produção segue em expansão. As estatísticas econômicas mostram que o agronegócio florestal brasileiro já representa 5% de nosso PIB, 17% das exportações do agronegócio e 8% do total das exportações brasileiras, gerando 1,6 milhão de empregos diretos e 5,6 milhões de indiretos.

Nesse setor, ainda que cada dia mais pungente, os preços são estabelecidos pelo mercado mundial, haja vista que trata-se de uma commodity.

Apesar da adequação e disponibilidade de clima e solos no país para o plantio de espécies florestais, tem sido a pesquisa brasileira a principal responsável pelos excelentes rendimentos das principais plantações florestais que contribuem para o crescimento do agronegócio florestal, em especial do pínus, eucalipto e acácia-negra.

Atuações: Colheita mecanizada, Transporte

Benefícios:  Desenvolvimento de soluções integradas, otimização de processos e produtos visando a segurança da operação

Produtos: Dispositivos de desarme de quinta roda, Calço de roda, Cadeado de Segurança p/ Quinta Roda